Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 26 de janeiro de 2021




O vereador Rodrigo Guedes (PSC) anunciou que vai apresentar um Projeto de Lei (PL) para punir com demissão os servidores municipais que forem imunizados contra a Covid-19 sem que se enquadre na ordem de prioridade. O PL também estende a punição para os gestores e responsáveis que permitirem ou incluírem outras pessoas, fora da ordem de prioridade, na vacinação contra o novo coronavírus.

O vereador ressalta que o ato de “furar a fila” da vacinação é ilegal e imoral e acrescenta que, até o momento, o Projeto de Lei proposto por ele é a primeira medida legal que tipifica como improbidade administrativa a ação, tanto daqueles que autorizam e quanto de quem é vacinado, não obedecendo a ordem dos grupos prioritários preestabelecidos.

“Nesse momento em que as pessoas estão passando dor e morrendo com a falta de oxigênio, por conta da covid-19, não podemos permitir que alguém que fure a fila da vacinação contra o coronavírus. A pena deve ser única e exclusivamente a demissão dessas pessoas pois isso macula a administração pública”, afirma.

UOL



Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire