Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 30 de março de 2021


O verbo aglomerar nunca foi tão usado no Brasil como nesse tempo de pandemia de Covid-19. E normalmente ele tem vindo com um sentido exclusivamente negativo, afinal, mesmo depois de decretos estaduais como forma de diminuir a transmissão da doença, há pessoas que insistem em fazer festas e encontros. Esses eventos clandestinos têm sido registrados com frequência não só na Capital como também no interior.


Diversos canais de comunicação, sejam eles aplicativos ou telefones, estão abertos para que a população possa denunciar tais festas. E é importante deixar claro que a identidade do denunciante, em todos os órgãos, será mantida em absoluto sigilo.


Sobre a penalidade, o decreto estadual autoriza a interdição ou a obrigação de pagamento de uma multa de todo e qualquer estabelecimento que descumpra as regras de funcionamento. O valor da infração pode chegar a R$ 75 mil reais e a interdição pode durar de sete a 30 dias. Além dessas duas penalidades, também é possível a responsabilização civil e criminal dos envolvidos no delito.


Confira abaixo os canais de denúncia:
Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis): 156
Aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e iOS)
Vigilância Sanitária do Estado do Ceará: 150, 3252-2155, 3252-1571 e 3252-1587
Ouvidoria Geral do SUS: 136
Ministério Público do Estado do Ceará: 127 ou 0800.281.11.553
Polícia Militar: 190
Aplicativo 190 Ceará (disponível para Android e iOS)


Para ajudar o trabalho de cada órgão na fiscalização contra a Covid-19 é interessante que o denunciante tenha em mãos o máximo de informações possíveis sobre o delito, como, por exemplo, hora da infração, local com ponto de referência e uma média de quantidade de pessoas. Governo e prefeitura pedem que as pessoas sejam também fiscais dessas aglomerações, auxiliando no trabalho do poder público.


Portal GCMAIS

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire