Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 12 de abril de 2021

 


Na crise gerada pela pandemia, é cada vez mais comum encontrar quem esteja considerando vender seus próprios “nudes” para pagar os boletos.

Na teoria, é mais simples do que parece: o site OnlyFans reúne milhares de usuários dispostos a pagar pela foto de alguém pelado.

Fundada em 2016, a plataforma é uma rede social em que criadores podem cobrar pelo acesso a qualquer tipo de post - de cursos a performances artísticas. 

Mas basta entrar para ver que a maioria das pessoas está lá para comprar e vender pornografia caseira, segmento que se fortaleceu na quarentena.

A busca pelo site no Brasil quintuplicou entre março de 2020 e o mesmo mês deste ano. Já o tabu em torno dele vem diminuindo, principalmente após a adesão de celebridades, como a atriz americana Bella Thorne e a brasileira Anitta.

O problema é que, na prática, o dinheiro não vem tão fácil quanto alguns podem achar. Como em qualquer empreitada, ter êxito nas vendas do OnlyFans depende de uma boa dose de visão de negócio. A receita do sucesso inclui:

  • Foco: Produzir conteúdo que gere interesse exige tempo, dedicação e estudo das táticas usadas por quem já deu certo na plataforma;
  • Organização: Diferentemente de outras redes sociais, o OnlyFans permite agendar posts. Otimizar o tempo e se programar para criar um calendários de publicações constantes é fundamental;
  • Vocação: Definitivamente, tirar a roupa e sensualizar na internet não é para qualquer um. Desenvoltura e criatividade são essenciais;
  • Um pouco de sorte: No OnlyFans, importa menos o número de seguidores que um criador tem, e mais o quanto eles estão dispostos a ser generosos nos pagamentos.

Além de tudo isso, é preciso ter jogo de cintura para lidar com seguidores chatos ou mal-intencionados e com o preconceito, que ainda existe - e, embora a rede seja vasta em conteúdos de ambos os gêneros, ela é mais difícil para as mulheres.


 

 

(G1)

 

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire