Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 21 de maio de 2021


A efetividade das duas doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra o desenvolvimento da Covid-19 pode variar de 85% a 90%, conforme análise divulgada nesta quinta-feira (20) pela Public Health England (PHE), a agência pública de saúde da Inglaterra. 

 As informações são do jornal O Globo. Segundo a PHE, essas são as primeiras descobertas sobre a efetividade das duas aplicações do imunizante no mundo real. No entanto, os resultados ainda seriam inconclusivos, necessitando de mais evidências. 

 No Brasil, a vacina da AstraZeneca é produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Outro estudo já havia mostrado que o imunizante reduziu 95% das mortes na Itália. Apesar dos resultados positivos, o uso da AstraZeneca foi suspenso para grávidas e puérperas desde o último 17 de maio, no Brasil. 

A decisão foi tomada após um caso suspeito de síndrome de trombose com trombocitopenia em uma gestante que teria foi imunizada, no Rio de Janeiro. A relação do óbito com a vacina ainda é investigada. 

Nesta quarta-feira (19), contudo, o Ministério da Saúde recomendou que grávidas que receberam a primeira dose esperem até o fim de gestação e do período puerpério - ou seja, até 45 dias pós-parto - para completar o esquema vacinal com a segunda aplicação.

 O POVO

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire