Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 22 de maio de 2021

 


A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) assinou nesta sexta-feira (21) dois termos de cooperação firmados com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). As parcerias vão possibilitar a retomada e realização de ações no campo da pesquisa, inovação e do ensino no contexto do enfrentamento à Covid-19 no Ceará. A colaboração também compreende a retomada da parceria da Escola com a Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios (CVMER), ofertando cursos de aperfeiçoamento e de nível técnico na área de manutenção de equipamentos biomédicos.

Uma primeira turma do Curso de Aperfeiçoamento em Manutenção de Equipamentos Biomédicos já está prevista para iniciar na segunda-feira (31). A formação terá carga horária total de 150 horas e ocorrerá na modalidade semipresencial (com aulas à distância e presenciais). Outra capacitação prevista é o Curso Técnico em Manutenção de Equipamentos Biomédicos. De nível técnico, a iniciativa será composta de 1.500 horas/aula também no formato semipresencial.

O superintendente da ESP/CE, Marcelo Alcantara, destacou o caráter intersetorial dessas ações, sobretudo considerando as propostas de trabalhos nas áreas de pesquisa de desenvolvimento e inovação em produtos. “Inclusive em alinhamento com a transformação e com o fato de a escola se tornar também um Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT)”, lembra. A Assembleia Legislativa aprovou, no fim do mês de abril, a mensagem encaminhada pelo Governo do Ceará que prevê as novas atribuições da Escola, transformando-a em ICT.

Ainda segundo Alcantara, as capacitações surgiram de demandas da própria Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), “ou seja, do próprio Sistema Único de Saúde (SUS), onde precisamos aperfeiçoar o pessoal técnico que lida com os equipamentos de saúde, principalmente respiradores,  monitores e bombas de infusão”, ponta.    

O diretor regional do Senai Ceará, Paulo André Holanda, também enfatiza os benefícios futuros no campo da Saúde e da Educação que a parceria entre as instituições trará à sociedade cearense. “Não se faz educação, inovação e transferência de tecnologia sem conhecimento”, diz.

Central de Ventiladores

Com o agravamento da pandemia no Ceará e considerando os desafios que a segunda onda da doença tem imposto à Saúde estadual, a Central de Ventiladores foi reativada em 19 de março de 2021. Desde então, mais de 60 aparelhos respiratórios e insumos relacionados que precisam de reparos foram consertados e destinados para as unidades públicas de saúde cearenses.

Somente em 2020, a unidade recuperou mais de 300 equipamentos entre ventiladores pulmonares, monitores e outros aparelhos hospitalares. “Aqui temos uma equipe multidisciplinar que vai desde a área da Tecnologia da Informação, da Mecânica, até a Mecatrônica”, especifica Holanda.

 

 

(SESA)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire