Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 19 de maio de 2021

 


A rede de drogarias Pague Menos acertou a compra da rival Extrafarma da holding Ultrapar por R$ 700 milhões, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira (18).

O negócio tornará a Pague Menos a segunda maior varejista de drogarias do Brasil, atrás apenas da Raia Drogasil. Atualmente, a varejista é a terceira colocada.

Com a notícia das negociações, as ações da Pague Menos subiram aproximadamente 10%, enquanto a Ultrapar, que atua principalmente na distribuição de combustíveis, recuou 1,2%.

A compra da Extrafarma vai aumentar em mais de um terço o número de lojas da Pague Menos, para 1.503, e reforçar sua presença nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

“Esta operação acelera a implementação do nosso plano de expansão com a incorporação de unidades da Extrafarma em locais selecionados para nossa expansão entre 2021 e 2023, ampliando nossa presença nas regiões Norte e Nordeste e na classe média expandida”, afirmou Mário Queirós, CEO da Pague Menos, em comunicado

Esta é a primeira aquisição feita pela Pague Menos desde que estreou na bolsa de valores em agosto.

Novais disse que a Pague Menos continuará a abrir novas lojas, mas, depois da aquisição, a maioria delas estará localizada nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

A Pague Menos, que tem como acionista a gestora de private equity General Atlantic, pagará R$ 300 milhões pela fatia da Ultrapar na aprovação regulatória do negócio.

O restante será pago nos próximos dois anos em duas parcelas iguais. A cifra que a Pague Menos tem a pagar pela Extrafarma é de cerca de R$ 600 milhões, equivalente ao valor da companhia em dívida e caixa.

O negócio deve criar sinergias entre R$ 150 milhões e R$ 250 milhões ao longo de três anos para o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Pague Menos, principalmente devido ao aumento das vendas. A empresa disso que 80% disso deve vir nos primeiros dois anos.

Em nota aos clientes, analistas do Bradesco BBI afirmam que a Pague Menos está oferecendo o equivalente a cerca de R$ 1,5 milhão por loja da Extrafarma, em torno do preço de abertura de uma nova loja. Mas, para a Pague Menos, a compra funciona como um atalho para seus planos de expansão, pois uma loja em funcionamento já gera receita.

Ainda assim, o Bradesco BBI disse que a Pague Menos pode ser forçada a fechar algumas lojas devido a alguma sobreposição.

A Ultrapar decidiu desinvestir a Extrafarma como parte de uma reorganização do portfólio para se concentrar no setor de óleo e gás. O grupo negocia em exclusividade com a Petrobras para comprar a refinaria Refap.

Resultados em 2020

A Rede de Farmácias Pague Menos registrou receita de R$ 1,9 bilhão e lucro líquido de R$ 44,2 milhões no primeiro trimestre de 2021 — aumento de 380%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) dos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021 alcançou R$ 159,3 milhões, com margem Ebitda de 8,3%, alta de 1,2 ponto percentual em relação ao intervalo de 2020. 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire