Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 11 de junho de 2021

 


A Polícia Civil prendeu oito pessoas nesta sexta-feira (11) em uma operação contra a venda ilegal de gás liquefeito de petróleo, o GLP, em Crato, na região do Cariri, no Ceará. Segundo a polícia, são investigados 15 comerciantes na cidade. Os suspeitos foram presos por suspeita de crime contra a economia popular.

As investigações começaram em abril deste ano, quando diversos estabelecimentos foram identificados por vender gás de cozinha sem autorização legal, inclusive com serviço de entrega inadequado. A ação contou com 40 policiais civis.

De acordo com a polícia, os pontos de revenda armazenavam o produto em ambientes confinados, sem os necessários corredores de circulação, extintores de incêndio ou treinamento dos profissionais de transporte.

Segundo a polícia, o produto deve ser comercializado em condições específicas determinadas pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), sob pena de se constituir crime contra a ordem econômica, com punição de detenção de um a cinco anos, além de multa.

A investigação se dedica agora a identificar os fornecedores dos recipientes de GLP cheios para os pontos de revenda ilegais. 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire