Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 12 de julho de 2021

 


Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) culminou na prisão de uma mulher de 48 anos condenada por estupro de vulnerável contra a própria filha. Levantamentos policiais apontam que a suspeita foi omissa e não denunciou o companheiro pelo crime ocorrido em 2012, quando a vítima tinha 12 anos. A captura ocorreu, nessa sexta-feira (09), por força de mandado de prisão condenatória, em Lavras da Mangabeira – Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado.

De acordo com as apurações da Delegacia Municipal de Lavras da Mangabeira, o padrasto de 48 anos da vítima teria cometido o crime, no ano de 2012. Na época, as investigações apontaram que o delito teria ocorrido quando a menina possuía 12 anos. O suspeito foi preso preventivamente, condenado pelo crime e já teve progressão de regime. Ainda de acordo com as investigações, a mãe da vítima foi omissa quanto ao caso e não denunciou o crime às autoridades policiais. Levantamentos apontam ainda que quando a mulher descobriu o crime, ela teria agredido a menina.

Com a sentença declarada pela Justiça, os policiais civis cumpriram o mandado de prisão condenatório contra ela. A captura ocorreu na zona rural do município. Agora, ela se encontra em uma unidade prisional, onde cumprirá nove anos de prisão pelo crime.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o telefone (88) 3536.2260, da Delegacia Municipal de Lavras da Mangabeira. O sigilo e o anonimato são garantidos.

 

(SSPDS)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire