Fortaleza começa a vacinar pessoas a partir dos 23 anos contra a Covid-19

 


A Capital já chegou na faixa etária dos 23 anos para a vacinação contra a Covid-19, informou em transmissão nesta segunda a titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Ana Estela Leite. Mais de 29 mil pessoas estão agendadas para receber tanto a primeira dose como a segunda dose contra o coronavírus nos Centros de Vacinação.

Com a primeira dose, já foram imunizadas 1.501.800 fortalezenses, um total de 56,8% da população geral. Com segunda dose, 606.151 pessoas e, com dose única, 26.601. Ou seja, Fortaleza tem 23,5% de sua população com o esquema vacinal completo.

Quatro casos de repescagem estão sendo aceitos em Fortaleza:

- Pessoas com mais de 40 anos cadastradas no Saúde Digital, mas que não receberam a primeira dose da vacina contra a Covid;

- Pessoas que estavam doente no dia do agendamento da vacina;

- Pessoas que estavam cumprindo intervalo de 15 dias devido a aplicação de outra vacina;

- Viajantes que perderam a data da aplicação;

Os casos acima devem ser comprovados com a data do agendamento no site Vacine Já ou no site Coronavírus Fortaleza junto a atestados médicos, comprovantes de viagem ou resultado do exame da Covid-19. Para os faltosos, três Centros de vacinação estão disponíveis para aplicação:

Centro de Eventos: aplica segunda dose das três marcas (AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer), atende agendados e os quatro casos de faltosos para aplicação de primeira dose

Cucas: aplica segunda dose de CoronaVac, atende agendados e os quatro casos de faltosos para aplicação de primeira dose

Postos de Saúde: atende segunda dose de AstraZeneca e atende agendados

Shoppings (RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy e Iguatemi): aplica segunda dose da AstraZeneca, atende agendados e atende os quatro casos de faltosos para aplicação de primeira dose

As listas com a relação dos agendados estão disponíveis no site Coronavírus Fortaleza, no site Vacine Já ou no O POVO. Confira aqui a lista de agendados para receber a vacina nesta segunda (09/08). Ao comparecer ao centro de vacinação, é necessário apresentar documento de identidade com foto, CPF, Cartão Nacional de Saúde (CNS) e comprovante de residência. No caso de segunda dose, levar também o cartão de vacinação.

SMS também segue monitorando casos da variante delta. Um total de 15 casos da variante foram confirmados pela Secretaria da Saúde (Sesa). Todos os pacientes foram infectados durante viagens a estados onde a mutação circula, ou devido ao contato com pessoas desse perfil. Isso significa que a cepa ainda não está circulando dentro de bairros e municípios cearenses - o que seria a chamada transmissão comunitária. 


(O Povo)

Tags