Presos pela pandemia: Circo Fantástico há quase 2 anos em Ipu, continua sofrendo grandes dificuldades

 


O Circo Fantástico da família Vilar, que completará 50 anos de existência em 2021, cuja proprietária a matriarca senhora 'Cida', há quase 2 anos em Ipu, sem um norte, sem bússola, continua sofrendo grandes dificuldades, impostas pela pandemia da covid-19.

A matriarca da família Vilar, dona Cida, mais de 60 anos de circo, ao conversar com a imprensa local se emocionou ao falar da situação vivida pelos artistas do circo e pela solidariedade do povo ipuense, que durante esse tempo tem ajudado, principalmente com alimentos.


O Circo Fantástico que tinha um elenco de 28 artistas, ficou com apenas 10, praticamente apenas os consanguíneos da família Vilar. Com a proximidade do novo normal os artistas circenses vivem a incógnita de como será daqui pra frente. Estão aguardando as Prefeituras liberarem as entradas dos circos nas cidades, mas no caso do Circo Fantástico, embora tenha recebido o auxílio cultural Audir Blanc, o Bolsa Família Municipal, os recursos não foram suficientes para dá a manutenção em todos os equipamentos. 

Carros ficaram sucateados, precisando de pneus, peças, óleo e gasolina. E a estrutura do circo também está bastante surrada pelo tempo. 



(Repórter Francisco José)

Tags