Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 3 de agosto de 2021

 


O busto do radialista Gleydson Carvalho, morto em 2015 enquanto apresentava um programa de rádio, foi vandalizado em Martinópole por, pelo menos, dois dias consecutivos. A estátua foi atingida a machadadas e amarrada a uma corda para ser derrubada por um veículo 4x4. 

Imagens de câmeras de segurança mostram três homens mascarados em uma Hilux amarrando o busto a uma corda e acelerando o veículo para que a estátua fosse derrubada. As filmagens ocorreram na madrugada da última segunda-feira (2).

Na madrugada desta terça-feira (3), um outro vídeo de circuito de segurança mostra um homem mascarado atingindo o busto do radialista com machadadas, praticamente no mesmo horário do dia anterior. A ação criminosa contra o patrimônio dura cerca de um minuto e o homem só sai após danificar a parte posterior da cabeça da imagem.


Busto de radialista assassinado foi amarrado a uma corda e atingido a machadadas nos últimos dois dias. — Foto: Reprodução

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) foi questionada sobre o crime contra o patrimônio, mas, até a publicação desta reportagem, não enviou posicionamento.

Ação foi vandalismo, diz Prefeitura

A Prefeitura de Martinópole classificou a ação como vandalismo e repudiou o ato contra o busto do radialista. "Tal ato não condiz com o respeito prezado por nossa gestão, e muito menos contribui com o cuidado de nosso patrimônio público", escreveu o poder municipal.

A gestão abriu um Boletim de Ocorrência sobre o crime e espera que as autoridades policiais "cheguem ao nome do mandante e executores dessa deprimente ação de vandalismo". Em nota, o prefeito em exercício, Betão de James Bel, disse ter determinado a restauração do busto.

Um outro vídeo que circula pelas redes sociais gravado por um morador da cidade mostra um homem em uma moto tentando derrubar o busto do radialista. Ele amarra a estátua a uma corda e à moto, tentando derrubá-la, assim como fez a Hilux. Não se sabe quando o vídeo foi gravado, mas ocorreu em um contexto de aglomeração, com som alto e para que todos pudessem ver.

O assassinato do jornalista

O radialista Gleydson Carvalho foi assassinado em 6 de agosto de 2015, enquanto comandava um programa de rádio na cidade de Camocim, no interior do Ceará. Três pessoas foram condenadas pelo crime, e a motivação seria, conforme o Ministério Público do Ceará (MPCE), a atuação profissional de Gleydson, que denunciava supostas irregularidades cometidas pela gestão municipal em Martinópole. 

Segundo as investigações, o tio do então prefeito da cidade, João Batista Pereira da Silva, foi o mandante do assassinato. Naquela época, a Prefeitura era comandada por James Martins Pereira Ramos, o James Bel.

Política

James Bel foi eleito nas eleições municipais de 2020, mas sua candidatura foi cassada pela Justiça Eleitoral. Mesmo assim, ele tentou concorrer nas eleições suplementares do último domingo (1º) e, uma semana antes do pleito, a chapa mudou o candidato e indicou Betão do James Bel (PP).

Betão foi eleito no domingo, mas, até as eleições, comandava a cidade como presidente da Câmara Municipal, uma vez que o prefeito eleito havia sido descompatibilizado pela Justiça. Com a votação, vencida por apenas 98 votos, o seu grupo político voltou oficialmente ao poder em Martinópole.

A estátua de Gleydson Carvalho foi inaugurada em fevereiro de 2020 pelo ex-prefeito Junior Fontenele (PL). Ele concorreu nas eleições suplementares deste domingo contra Betão, mas foi derrotado.

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire