Escritora ipuense publica seu 3º livro infantil: Cadê meu curumim?

 


A escritora, professora e estudante de Psicologia Francisca Ferreira lança seu terceiro livro de Literatura Infantil, Cadê meu curumim? 
 
Com o objetivo de promover, incentivar e evidenciar através da Literatura Infantil a História do povo indígena Tabajara, primeiros habitantes de Ipu, a escritora vem desde 2013 lançando livros infantis que narra através de versos a história do povo Tabajara, através de uma linguagem acessível para as crianças. A narrativa em verso instiga a criança à leitura, de forma lúdica.
 
Durante a leitura do livro Cadê meu curumim? a criança tem a oportunidade de conhecer a Cultura Indígena, a língua falada pelos Tabajaras, seus costumes e tradições. É lícito afirmar que temos poucos vestígios dos nossos primeiros habitantes, porém, por meio das histórias repassadas através da oralidade é possível construir um texto para que a criança possa conhecer e viajar rumo ao passado compreendendo que outrora neste sopé de serra habitava um povo com hábitos, costumes, tradições e linguagem peculiar. 
 
É preciso conhecer o passado para compreender melhor o presente. As memórias, as histórias devem ser preservadas, evidenciadas, refletidas. É possível encontrar história em um tronco de uma árvore, em uma pedra de um riacho, em um córrego, depende do olhar de quem entende e de quem sabe interpretar. 
A escritora é autora dos livros Iracema curuminha e O Tesouro de Artur.

 
O personagem principal do livro é o curumim, menino indígena que através da narrativa em versos apresenta a Cultura de seu povo, pontos de memória de Ipu, fauna, flora e muitos outros elementos em especial a língua tupi. 
 
O livro foi ilustrado por Sabrina Mascarenhas e editado pela editora Em Prosa & Verso. 
 
 
 
Tags