Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 27 de janeiro de 2022





A enfermeira de 35 anos, autuada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (24) por suspeita de receitar e realizar exames fingindo ser médica e usando nome de outro profissional da área da saúde, no município de Beberibe, no Ceará, se passava por ginecologista e divulgava os serviços na rede social.

Em um perfil no Instagram, com mais de 400 seguidores, a enfermeira, que é proprietária de uma clínica, se apresentava como doutora e oferecia consultas ginecológicas para planejamento familiar, tratamentos e exames.

Em algumas postagens a investigada deixava claro que era enfermeira, colocando inclusive o número do registro dela no Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren). Em outras, ela se apresentava apenas como "dra".

Investigação

Segundo a Polícia Civil, a mulher está sendo investigada ainda por furtar e falsificar possíveis receituários com nome de um médico de um hospital da região, que não trabalha na clínica e sequer mantinha contato com a enfermeira.

A enfermeira, que já possui antecedentes criminais por lesão corporal dolosa, foi localizada e conduzida à Delegacia Municipal de Beberibe, onde um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por exercício ilegal da profissão foi lavrado contra ela.

Agora, as investigações acerca do caso continuam para identificar se, de fato, a mulher falsificou ou furtou os receituários do citado médico.

G1 CE
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire