Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 15 de fevereiro de 2022

 


A funcionária de uma empresa de sucatas foi presa em flagrante, na manhã desta segunda-feira (14), suspeita de desviar cerca R$ 3 milhões de onde trabalhava. A prisão ocorreu no Bairro Potira em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a Polícia Civil do Ceará, Maria Valdirene de Paulo, de 34 anos, liderava o esquema criminoso que desviou cerca de R$ 20 mil por semana durante três anos. De acordo com a polícia, a funcionária se apresentava fora da empresa com uma vida social de ostentação, como viagens de luxo, vários imóveis e patrimônio incompatível com sua renda. 

A polícia descobriu que Maria Valdirene atuava no setor de passagem das mercadorias adquiridas pela empresa de sucatas. O esquema criminoso consistia na alteração no registro de entrada de carga, o que consequentemente gerava ordem de pagamento a fornecedores com base em pesagens fraudulentas. Caminhões carregados de sacos de areias eram pesados como se as cargas fossem sucatas de ferro.

Maria Valdirene foi autuada em flagrante por furto qualificado mediante fraude, cuja pena é de dois a oito anos de reclusão. As investigações continuarão pelo 18º Distrito Policial, no intuito de identificar outras pessoas que fazem parte do grupo criminoso. 

 


(G1/CE)

 

 

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire