Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 7 de março de 2022

 Paulinha Abelha na gravação do DVD de 25 anos da banda Calcinha Preta(foto: Divulgação)

O atestado de óbito e resultados de exames revelaram as possíveis causas da morte da cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta. Osdocumentos foram divulgados pelo programa "Domingo Espetacular", da Record TV, nesse domingo, 6.

O programa exibiu, além do atestado e dos exames, uma prescrição de remédios no nome de Paulinha. Ao todo, quatro doenças são apresentadas como causas do falecimento, e uma combinação de medicamentos, suplementos para emagrecer e sedativos hospitalares pode ter agravado a situação da cantora.

Os quadros clínicos que levaram ao óbito foram identificados como meningoencefalite, hipertensão craniana, insuficiência renal aguda e hepatite. Ao todo, foram três órgãos afetados: cérebro, rins e fígado. A meninge, conjunto de membranas que reveste o cérebro, também foi atingida.

O exame toxicológico, por sua vez, detectou duas classes de substâncias: barbitúricos e anfetaminas. A primeira engloba sedativos usados em hospitais, e pode ter sido usada durante a internação da cantora. A segunda categoria inclui uma série de medicamentos, um dos quais era prescrito para Paulinha. Outras substâncias testadas, como cocaína, maconha e ecstasy, não foram detectadas.

Uma receita médica também foi exibida, com 20 substâncias entre remédios, fórmulas fitoterápicas e suplementos nutricionais. Entre os produtos, há três para melhoria de concentração e memória, três para aumentar a qualidade do sono, e uma dúzia de substâncias para emagrecimento.

Outro exame, por fim, avaliou a situação do fígado de Paulinha pouco antes de sua morte. O resultado indica necrose no órgão, acompanhada de colestase (funcionamento reduzido do fígado). Segundo o documento, o resultado pode ter relação com o uso de remédios frequente e em grande quantidade.

Há um terceiro exame, de biópsia do rim, cujo resultado ainda não foi concluído. Segundo a médica que elaborou a receita com 20 substâncias para Paulinha, o acompanhamento da paciente era realizado, desde 2020, por equipe multidisciplinar, e seguia protocolos de saúde que consideravam o quadro clínico da cantora.

 

(O Povo)

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire