Você está em: REGIONAL // Notícia de Fagner Freire // 28 de abril de 2022

 Animal foi solto em área de mata fechada no município de Ipueiras (foto: Ascom/CBM-CE)

Um jacaretinga foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBM-CE) nesta quarta-feira, 27, no município de Varjota, a 260 km de Fortaleza. O animal, de aproximadamente um metro de comprimento, estava circulando no calçadão do Açude Público Araras, considerado um cartão postal da cidade.

O réptil foi encontrado por banhistas, que acionaram os bombeiros por telefone. “Chegando ao local, verificamos que a jacaretinga tinha sido imobilizada, mas sem ferimentos aparentes”, relatou o subtenente Luís Carlos, do CBM-CE, comandante da operação de resgate.

Após o salvamento, o animal foi levado a uma região de mata fechada, próxima a uma fonte d’água, em Ipueiras, área compatível com o seu habitat natural. De acordo com o CBM-CE, essa espécie de réptil tem sido encontrada com bastante frequência em Caucaia, Crateús, Ipueiras, Independência e Trairi. Essa foi a primeira ocorrência do ano em Varjota.

Saiba mais

Também conhecido como jacaré-de-óculos, o jacaretinga habita diferentes rios e lagos. No Brasil, o réptil recebeu esse nome por causa de seu dorso branco, pois tinga significa “branco”, em língua tupi. Os machos chegam a medir entre 1,8 a 2,5 metros de comprimento, e as fêmeas, 1,4 metro. Eles se alimentam de diferentes espécies de animais como crustáceos, peixes, anfíbios, répteis, aves e pequenos mamíferos.

Resgate

Os animais silvestres são protegidos pela Lei dos Crimes Ambientais. Para manter a integridade das espécies, o Corpo de Bombeiros alerta para os cuidados necessários para quem encontrar um animal silvestre:

  • Mantenha-se sempre distante do animal;
  • Não tente capturá-lo para não ferir ou machucá-lo;
  • Acione imediatamente uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate, ligando o número 193. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados.

O CBM-CE também reforça aos condutores de veículos que reduzam a velocidade ou parem os carros quando visualizarem animais em vias de trafego. Assim, poderá evitar acidentes e não machucar as espécies. Na maioria dos casos, segundo os bombeiros, os atropelamentos resultam em mortes.

 

(O Povo)

Caderno: REGIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire