Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 23 de abril de 2022

 Conta de luz aumentou 24,88% em média no Ceará a partir desta sexta-feira (22) — Foto: G1 CE

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) abriu, nesta sexta-feira (22), um procedimento administrativo contra a Enel, concessionária de energia elétrica do Ceará, após reajuste tarifário anual aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Com isso, a conta de energia no estado vai subir, em média, 24,88% para os consumidores, maior reajuste tarifário de energia elétrica do país.

Na ação, o Decon solicitou que a Enel justifique quais foram os critérios utilizados para que se chegasse ao valor reajustado. A Enel, que foi notificada nesta sexta-feira (22), tem até dez dias para enviar resposta aos questionamentos do órgão do Ministério Público do Ceará.

Segundo o secretário-executivo do Decon, promotor de Justiça Hugo Vasconcelos Xerez, o Decon entendeu necessária a instauração do procedimento para fins de apuração das razões e justificativas do elevado índice de reajuste estipulado para os consumidores.

OS REAJUSTES APROVADOS NESTE ANO PELA ANEEL

Empresa Reajuste Entrada em vigor
Enel Ceará (CE) 23,99% 22 de abril
Neoenergia Coelba (BA) 20,73% 22 de abril
Neoenergia Cosern (RN) 19,87% 22 de abril
Energisa Sergipe (SE) 16,46 % 22 de abril
Energisa Mato Grosso (MT) 20,36% 16 de abril
Energisa Mato Grosso do Sul (MS) 16,83% 16 de abril
CPFL Paulista (SP) 13,80% 8 de abril
CPFL Santa Cruz (SP, MG e PR) 7,17% 22 de março
Enel Distribuição Rio (RJ) 17,14% 15 de março
Light (RJ) 15,41% 15 de março
Energisa Borborema (PB) 9,39% 4 de fevereiro

“A energia é um insumo básico para todos e o reajuste causa significativo impacto na economia cearense, aumentando também o custo de produção e, em consequência, os preços de outros bens consumidos regularmente. Em verdade, o custo final ao consumidor vai muito além do aumento da energia”, explica.

O Órgão também determinou que a ANEEL seja comunicada para esclarecer os parâmetros utilizados para aprovar o reajuste tarifário anual proposto pela Enel, e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (ARCE), requisitando informações sobre o aumento aprovado. 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire