Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 26 de abril de 2022

 

Uma minuciosa investigação da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), resultou, nessa segunda-feira (25), na prisão em flagrante de um homem suspeito de integrar uma organização criminosa, com atuação no bairro Jardim da Oliveiras, na Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) da Capital. O suspeito, que constava como foragido da Justiça cearense, foi localizado em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Durante a ofensiva, foram apreendidos cinco aparelhos celulares, dois veículos, oito relógios de grife, três drones e um notebook.

O homem identificado como Márcio Luiz Bezerra de Deus (34), conhecido como “Galego do Tasso”, já acumula antecedentes criminais por posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas. De acordo com as investigações, Márcio é apontado como o conselheiro de um grupo criminoso, sendo a pessoa responsável por ordenar a prática de crimes violentos no bairro Jardim das Oliveiras.

Em desfavor do suspeito foi cumprido um mandado de prisão preventiva pelo crime de integrar organização criminosa. “Galego do Tasso” era um dos alvos da “Operação Annullare”, quando foram cumpridos mais de 800 mandados judiciais. Ele foi localizado em uma residência na cidade de Natal/RN, onde foram apreendidos dois veículos, cinco aparelhos celulares, oito relógios de grife, três drones e um notebook. O material será periciado e os trabalhos policiais seguem em andamento.

“Annulare”

A ação batizada por “Annulare” foi realizada em Fortaleza e outras 50 cidades do Ceará – na Região Metropolitana da Capital e Interior do Estado –, além de Pernambuco e Rio Grande do Norte. A ofensiva policial é a maior da história da Polícia Civil em combate a um único grupo criminoso.

Denúncias

Para combater a atuação de grupos criminosos no Estado, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) conta com a participação da população para repassar informações que auxiliem os trabalhos investigativos. Por isso, a unidade especializada da Polícia Civil do Ceará mantém um número de WhatsApp para receber denúncias de ações criminosas em todo o Estado. A população pode enviar mensagens de texto, áudios, fotos e vídeos para o número (85) 98969-0182.

As denúncias também podem ser feitas, por meio de ligação gratuita, para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou pelo Whatsapp 3101.0181. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire