Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 1 de maio de 2022


 
A apresentação do comprovante da vacina contra Covid-19 continua necessária para entrar em alguns ambientes no Ceará. Entretanto, a dose de reforço ou terceira dose (D3) deixou de ser obrigatória no documento. Na manhã deste sábado, 30, a governadora Izolda Cela esteve na entrega de boxes da Feirinha da Beira Mar e foi indagada sobre a decisão. "A terceira dose continua sendo fortemente recomendada e é muito importante", respondeu.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) explicou que os dados "mostram que as coberturas vacinais avançaram muito nos grupos mais vulneráveis do Estado e que mais de 91% dos idosos a partir de 60 anos já estão com a dose de reforço aplicada". Ainda assim, as autoridades seguem sem explicar precisamente o porquê de, a partir de agora, ser necessário comprovar apenas duas aplicações.

De acordo com a governadora, o Estado tem mais de 60% de cobertura vacinal para a D3. "Queremos mais, queremos chegar bem próximo dessa cobertura de esquema completo hoje", afirma. "É provável que a vacinação contra a Covid-19 entre no calendário regular das vacinas para que a população siga se protegendo sempre. É provável que seja um vírus endêmico e que, portanto, precise das medidas de proteção regulares", defende.

O Povo




Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire