Deputado propõe criar canis em penitenciárias do Ceará para que detentos cuidem dos animais




Começou a tramitar nesta quarta-feira, 11, na Assembleia Legislativa do Ceará, um projeto de indicação de autoria do deputado estadual Tony Brito (União Brasil) que autoriza a criação de canis em penitenciárias exclusivamente destinadas ao trabalho de detentos no Ceará.

Os locais seriam destinados a animais abandonados e teriam detentos como responsáveis pelos trabalhos de tosador, banhista e outros cuidados como alimentação. A proposição impõe que apenas aqueles em regime semi-aberto poderão trabalhar nos canis.

A seleção desses detentos ocorreria a partir da criação de uma equipe multidisciplinar, levando em conta critérios pré-estabelecidos como “bom comportamento, traços depressivos e de ansiedade crítica”, na seleção dos participantes.

O texto prevê ainda que o governo estadual deverá oferecer cursos de auxiliar de veterinário, procedimentos de banho e tosa e técnicas de adestramento em penitenciárias. O projeto de indicação pode ser acessado na íntegra clicando aqui.

Na justificativa, o parlamentar defende que “a convivência (com os animais) reduz a sensação de solidão, ansiedade e depressão” e que o espaço para alocação dos animais seja construído pelos próprios detentos. “O objetivo é criar empatia e ensinar práticas no cuidado de animais e facilitar a reinserção dos presos no mercado de trabalho”, conclui.



(O Povo)
Tags