Você está em: NACIONAL // Notícia de Anselmo // 24 de maio de 2022


Em uma longa reunião prevista para durar toda esta segunda-feira (23), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador Geraldo Alckmin vão estabelecer com partidos da coligação uma estratégia para ampliar o palanque da campanha presidencial.


O encontro acontecerá em um hotel nos Jardins, em São Paulo. A intenção é definir o papel do Conselho Político da campanha eleitoral e as prioridades da corrida presidencial, além de debater soluções para os palanques regionais.


Segundo presidentes de partidos, toda a estratégia que está sendo definida é para tirar de Lula o carimbo de um candidato do campo da esquerda e transformá-lo em um candidato de perfil de centro. E, com isso, atrair o eleitorado moderado que está afastado do petista.


A estratégia será colocada em prática em dois eixos principais: os palanques nos estados com candidatos e partidos de perfil conservador e de centro, como aconteceu com o PSD do ex-prefeito Alexandre Kalil, em Minas Gerais; e um programa de governo que possa diminuir resistências do empresariado e do mercado financeiro.


Além de PT e PSB, estarão presentes representantes e presidentes dos partidos: Solidariedade, PV, PC do B, Rede Sustentabilidade e PSOL.


De acordo com a programação, na parte da manhã, haverá uma apresentação do cientista político Marcos Coimbra.


Na sequência, haverá “um debate da conjuntura e dos rumos da campanha, com o desafio de se abordar o papel do Conselho Político dentro desse contexto”. E “espera-se que o debate forneça subsídios para uma futura proposta de composição do conselho, a ser debatida na coordenação da coligação”.


Na parte da tarde, serão definidos os eixos principais da campanha: Plano de governo, Comunicação, Agenda, Mobilização e Finanças.


“A síntese desse encontro deverá ser incorporada na primeira reunião que cada área da campanha realizar, já com a participação dos representantes dos partidos. Para fechar o ciclo desse processo, o responsável de cada fará uma devolutiva à coordenação da coligação para que os presidentes dos partidos possam acompanhar o andamento do trabalho e ter domínio das informações. Essa dinâmica não impede que algum assunto ou alguma área da campanha possa ser objeto de debate específico no âmbito da coordenação da coligação”, afirma o texto distribuído aos partidos.


Fonte: Portal Grande Ponto
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire