Você está em: NACIONAL // Notícia de Fagner Freire // 3 de maio de 2022

 Buscas por vítimas de rompimento da barragem da Vale em Brumadinho — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Três anos e três meses depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, o Corpo de Bombeiros localizou uma ossada com aproximadamente 40 segmentos na área de buscas.

Segundo a corporação, primeiramente, os militares encontraram um segmento corpóreo em um espaço denominado "Esperança 1". Depois, foi feita uma busca especializada, que resultou na localização da ossada, na manhã desta segunda-feira (2).

"Em meio à atuação de maquinário, foi identificado um segmento. Então, todos os esforços foram destinados para esse local, encontrando uma ossada com aproximadamente 40 segmentos. Daremos continuidade aos trabalhos nos próximos dias buscando novos encontros", afirmou o tenente Sandro Aloísio Matilde Júnior, do Corpo de Bombeiros.

Ainda não é possível afirmar que os segmentos encontrados são de uma vítima não identificada, mas, de acordo com os bombeiros, "considerando a relevância e características do material, já encaminhado para a perícia, há boas possibilidades de eventual nova identificação"

Seis vítimas da tragédia de Brumadinho seguem desaparecidas. São elas: 

  • Cristiane Antunes Campos
  • Luis Felipe Alves
  • Maria de Lurdes da Costa Bueno
  • Nathalia de Oliveira Porto Araújo
  • Olímpio Gomes Pinto
  • Tiago Tadeu Mendes da Silva

Seis pessoas continuam desaparecidas, quase três anos desde a tragédia da Vale em Brumadinho. — Foto: Arquivo g1

O rompimento da barragem, em 25 de janeiro de 2019, deixou 270 pessoas mortas.

A última vez que o Corpo de Bombeiros encontrou um corpo na região foi em outubro de 2021.

Já a última identificação foi feita pela Polícia Civil em 29 de dezembro de 2021. A vítima, Lecilda de Oliveira, trabalhava na Vale havia mais de 30 anos.

Nesta terça-feira (3), a Polícia Civil afirmou que "foi acionada e, com a remoção dos segmentos encontrados, adota todas as providências cabíveis para a devida identificação da vítima"

 

(g1)

 

Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire