Médico denunciado por assédio sexual a pacientes em Hidrolândia presta depoimento na delegacia

 

O mesmo estava acompanhado do seu advogado, Lucas Ribeiro. Em um depoimento de aproximadamente uma hora, o profissional de saúde negou as denúncias que lhe estão sendo imputadas. Apesar das acusações, ele deixou o local com um semblante tranquilo.

A Voz de Santa Quitéria tentou conversar com o advogado, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Ontem, mais duas mulheres compareceram na Polícia Civil para prestarem queixa contra Ricardo, já somando um total de cinco vítimas que relataram até o momento. Uma delas, inclusive, bastante abalada, chorando muito e que foi necessário ser amparada pelo esposo ao final do seu relato.

O inquérito segue em andamento pelo delegado Oseias Montenegro, no objetivo de elucidar os fatos. A Delegacia, inclusive, está a disposição para acolher e ouvir mais mulheres que também tenham passado por esta situação dolorosa e que queiram incorporar as investigações.

A reportagem também conversou com o secretário municipal de saúde, Luan Xavier, que confirmou o desligamento do médico - feito ainda na quarta-feira (04) pela Prefeitura de Hidrolândia - e que a pasta tem colaborado no sentido de que tudo seja esclarecido da maneira devida. A nota da administração também repudiou qualquer ato de assédio ou importunação sexual.

O caso tomou proporções após a publicação feita pela jovem Carla Carvalho, que contou ter sido assediada por ele na terça-feira (03), dentro da UBS Cosma Maurício de Sousa, no distrito de Conceição.

 

(A Voz de Santa Quitéria)

Tags