Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 14 de julho de 2022

 Suspeito ameaçar de morte a ex e próprio filho foi capturado pela delegada Karina Albuquerque e os agentes da Delegacia Municipal de Quiterianópolis. — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Um homem de 39 anos foi preso pela polícia nesta quarta-feira (13) em Quiterianópolis, no interior do Ceará, por suspeita de manter a ex-companheira e o filho do casal de 1 ano e 9 meses em cárcere privado, além de ameaçá-los de morte por não aceitar o fim do relacionamento. 

O caso chegou ao conhecimento da polícia em junho, quando a jovem de 19 anos conseguiu fugir do local sem a criança e procurou uma delegacia para denunciar que o ex estava mantendo o filho do casal em cárcere, em uma residência na zona rural da cidade, e ameaçava matar o bebê caso a mulher denunciasse as violências físicas e psicológicas e o cárcere em que ela e o filho viviam.

A mulher requereu medidas protetivas para ela e para o bebê, resgatado pela polícia e entregue à mãe no dia 14 de junho.

Segundo a delegada titular da Delegacia Municipal de Quiterianópolis, Karina Albuquerque, após o resgate da criança a polícia teve ciência do que mãe e filho passavam com o suspeito.

"A polícia tomou conhecimento do caso pela medida protetiva, a qual foi pedido a extensão dos efeitos para o bebê. Ao resgatarmos o bebê a gente teve real ciência do terror que a vítima sofria, entre lesões, ameaças de morte, então a gente não teve dúvidas. Representamos pela prisão preventiva dele", disse a delegada. 

Conforme as apurações da polícia, o homem se aproveitava da residência ser em um local isolado para cometer os crimes. Inclusive, ele dormia com um facão ao lado para intimidar a mulher. Além disso, a vítima era proibida de ter contato com familiares e vizinhos.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito extorquia da ex-sogra, mãe da vítima, pedindo dinheiro a ela para que a jovem não fosse ainda mais agredida.

Levantamentos policiais apontam também que a mulher teve um dedo cortado com uma faca, chegou a dormir na mata com oito meses de gravidez para fugir das agressões do ex-companheiro e foi derrubada da cama com seis dias de puerpério.

Após a prisão, o suspeito foi conduzido para a Delegacia Municipal de Quiterianópolis, onde as ordens judiciais foram cumpridas. Agora, ele permanece à disposição da Justiça. 

 

 

(G1/CE)

 

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire