Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 14 de julho de 2022

 https://www.rp10.com.br/wp-content/uploads/2021/10/sem-energia-e1633209021776.jpg

Uma troca entre os números dos CPFs nos cadastros da Enel Ceará de duas clientes homônimas deixou um casal de idosos, de 78 e 92 anos, sem energia em casa por seis dias no Bairro Mondubim, em Fortaleza.

Conforme a Enel, distribuidora de energia no Ceará, houve uma falha no cadastramento de CPF com duas unidades consumidoras registradas no mesmo nome. Uma das clientes solicitou o encerramento de contrato em 3 de julho, tendo o corte executado no dia 8.

A empresa esclarece que analisa o caso e reforça que a energia da residência dos idosos foi religada nesta quinta-feira (14).

Confusão durante mudança de titularidade da conta

Segundo o autônomo Fernande de Oliveira, sobrinho dos idosos, na sexta-feira (8) uma equipe da Enel foi à residência do casal e fez o corte de energia, mesmo com todas as contas pagas e em dia.

"Há 18 anos eles moram nessa casa, a energia estava no nome do meu tio e, devido à aposentadoria, minha tia preferiu transferir para o nome dela em 2012. Nós temos até uma carta da empresa confirmando a transferência e na sexta-feira eles vieram aqui, cortaram a energia sem mais nem menos e foram embora", disse Fernande de Oliveira.

Preocupado com os tios sem energia, Fernande entrou em contato com a empresa e durante a conversa com uma atendente descobriu a confusão entre o número do CPF da tia dele e de outra mulher com o mesmo nome, cadastrada erroneamente no endereço dos idosos e, ao descobrir o endereço desconhecido, solicitou o corte da luz.

"Na hora que foram cadastrar do nome do meu tio para o da minha tia, colocaram o CPF de outra pessoa que tem o mesmo nome da minha tia. Agora essa pessoa descobriu que estava no nome dela e corretamente ligou e mandou cortar, já que ela não reconhecia o endereço. O problema é que eles não deram nenhum tipo de explicação ou conferiram o CPF, causando todo esse transtorno", falou o autônomo.

Fernande afirmou ainda que por ser em uma sexta-feira à tarde foi orientado a ir com a tia em uma loja física, que só funcionaria na segunda-feira e foi o que ele fez esta semana

"Segunda-feira a gente foi lá, regularizamos essa situação, pagamos uma conta que ainda não estava vencida, pagamos a leitura da energia até o corte, pagamos uma multa para poder religarem em cinco dias úteis. Eles cometem o erro e depois a gente que tem que ficar pagando e esperando todo esse tempo para religarem novamente", falou o sobrinho dos idosos.

Nos dias sem energia em casa os idosos ficaram dependendo da ajuda do sobrinho e de outros familiares para os afazeres domésticos. 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire