Homem é preso suspeito de matar o próprio cachorro em Belo Horizonte

 Viatura da Polícia Militar de Minas Gerais com dois agentes no interior dela

Um homem de 43 anos foi preso, nessa segunda-feira (29), por supostamente matar o próprio cachorro de estimação em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ele confessou o crime e detalhou que o animal teria sido morto a facadas. 

Segundo informações do boletim de ocorrência do caso, o qual o g1 teve acesso, o suspeito disse que praticou o ato por que "desde que o animal entrou na vida dele, as coisas começaram a dar errado". 

A Polícia Militar chegou ao homem após receber denúncias de que ele teria matado o cão e o enterrado no quintal da própria casa. Ao chegar na residência, localizada no bairro Jaquelina, Zona Norte da capital mineira, os agentes foram recebidos pelo indivíduo, que justificou que "o comportamento do cachorro trazia para ele transtornos e complicações na área espiritual".

Ainda segundo informações do registro policial, o homem levou o cão para o banheiro e desferiu três golpes com uma faca contra ele. Em seguida, o suspeito conduziu os policiais aos fundo da casa, onde indicou o local em que enterrou o corpo do animal. 

A perícia esteve no local e recolheu os restos mortais caninos e a arma do crime. O homem foi preso e conduzido à delegacia por maus-tratos a animais.  


(Diário do Nordeste)

Tags