Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 3 de agosto de 2022

 Homem que aparece em vídeo sendo torturado está desaparecido desde 28 de julho. — Foto: Reprodução

O contratante da obra em que Rosimbergue dos Santos Lucena, 28 anos, trabalhava afirmou acreditar que o homem, desaparecido após ir ao trabalho, tenha sido vítima de uma facção rival após sair do trabalho para comprar drogas. O homem foi visto pela última vez na quinta-feira (28) antes de aparecer em vídeo, no qual está supostamente detido por criminosos. A Polícia Civil investiga o caso e faz buscas.

Conforme o contratante da obra, que preferiu se identificar apenas como Rogério, o homem desaparecido já estava trabalhando com ele em uma única obra na localidade de Ômega, em São Gonçalo do Amarante, havia oito dias, de modo informal.

A família, porém, contou uma versão diferente. Nela, Rosimbergue já teria trabalhado com Rogério antes, mas em outra obra, em local distinto. Não há informações sobre onde o serviço teria ocorrido.

Rogério afirmou ainda que o desaparecido teria passado o dia recebendo ligações de uma mulher, "dizendo para ele poder ir num boca de fumo comprar maconha". Rosimbuergue teria saído do local de trabalho já depois do expediente, após as 17h, para comprar maconha em um ponto do município acompanhado de outro trabalhador da obra. A família não confirmou uso de droga pelo desaparecido.

O contratante, que não estava na obra, disse que, no momento da compra do entorpecente, "acabaram segurando um deles". Ainda de acordo com Rogério, ele alertara um dia antes sobre as saídas do serviço. "Rapaz, vocês se aquietem, pois a gente não conhece nada aqui, não", pontuou.

"Parece que lá onde ele mora é uma facção, e onde ele tava trabalhando era uma facção contrária [...] Acredito eu que alguém deve ter conhecido ele em alguma coisa, eu não sei. Só sei que tem coisa envolvida com negócio de facção".

No dia seguinte ao sumiço, Rogério relatou ter ido a uma delegacia acompanhado de outro trabalhador da obra. O acompanhante teria feito o registro do Boletim de Ocorrência (BO). Rogério definiu a situação como "triste", dado que a vítima era "um rapaz trabalhador e esforçado".

Sumiço

De acordo com a mulher de Rosimbergue, a auxiliar de costura Patrícia Maria Pereira, 39 anos, o marido tinha recebido um convite para trabalhar em uma obra de um conhecido para quem já tinha prestado serviços. Apesar de não saber quando houve a oferta do emprego, o marido iria ao local indicado, em São Gonçalo do Amarante, na quarta-feira (27).

Na quarta, o homem teria ido ao trabalho da esposa e avisado que passaria um tempo fora para realização do serviço. Questionado sobre o tempo que demoraria para voltar, o marido, em tom de brincadeira, teria dito "até nunca mais". No entanto, ele não chegou a ir para a obra nesse dia, de acordo com a companheira.

Na quinta-feira (28), Rosimbergue teria pedido R$ 100 emprestados à esposa para questões de logística da viagem. Ele saiu por volta de 11h do Bairro Araturi, em Caucaia, onde mora, na companhia de um amigo, segundo Patrícia.

Lá, eles se encontrariam com outros trabalhadores que fariam serviços na obra. Contudo, o marido deixou de manter contato com a esposa às 18h da quinta, e ela buscou o paradeiro dele com pessoas próximas. Questionada pelo g1 se teria ligado para o marido ao longo da quinta-feira, ela não respondeu.

Ao longo das buscas, conhecidos de Rosimbergue receberam um vídeo, acessado pelo g1, no qual ele aparece imobilizado, dizendo morar no Araturi e conhecer "os caras lá".

O amigo, cuja identidade será preservada, acredita que Rosimbergue e mais três pessoas foram capturados por homens supostamente ligados a uma facção da região, mas apenas Rosimbergue teria sido mantido pelo grupo no local.

A esposa de Rosimbergue afirmou ter buscado o contratante do marido para obter mais informações após saber dos boatos sobre a captura do companheiro. O contratante teria, então, ido à Delegacia Metropolitana de São Gonçalo do Amarante para registrar o desaparecimento.

A Polícia Civil informou, em nota enviada nesta quarta-feira (3), seguir "conduzindo oitivas e diligências" com a intenção de localizar o homem. As investigações estão a cargo da Delegacia Metropolitana de São Gonçalo do Amarante, e os trabalhos policiais seguem até a localização da vítima. 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire