Juiz suspeito de agredir namorada desacata delegada, que registra B.O. em Fortaleza

 Um caso de violência doméstica resultou em uma denúncia do crime na Delegacia...

Um caso de violência doméstica resultou em uma denúncia do crime na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), no bairro Couto Fernandes, em Fortaleza, na noite da última sexta-feira, 5. Na unidade, a delegada plantonista registrou o boletim de ocorrência sobre o caso, mas foi desacatada pelo principal suspeito das agressões de violência à namorada, um juiz estadual.

A delegada plantonista teria impedido acesso do magistrado ao documento, pois ele era o suspeito das agressões contra a mulher.

Em nota, a Polícia Civil do Ceará (PC-CE) informou que o caso está em andamento e detalhes do trabalho policial serão divulgados em momento oportuno para não comprometer as investigações em andamento.

A corporação também destacou que “presta todo apoio a delegada que foi ofendida enquanto realizava o seu mister constitucional”.

O POVO procurou o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para saber detalhes da apuração e quais medidas devem ser tomadas acerca do juiz suspeito das agressões e aguarda resposta.

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (Adepol/CE) também foi procurada pelo O POVO para um posicionamento sobre o caso, e aguarda resposta.

 

 O POVO

Tags