Mãe e filha morrem atropeladas em rodovia no Ceará enquanto pediam ajuda após acidente

 Maria Gerlane e Vitória Luma morreram no local(foto: Reprodução)

Uma mulher de 35 anos e sua filha, de apenas 2 anos, morreram atropeladas por um caminhão num trecho da CE-183, rodovia estadual que liga as cidades de Varjota e Cariré, na zona norte do Estado, na manhã deste sábado, 27.

Uma terceira pessoa, um homem que dirigia o carro que estava com as duas vítimas (envolvido numa saída de pista pouco antes), também ficou ferida, mas foi socorrida e levada a para uma unidade hospitalar em Varjota. Ainda não se sabe o estado de saúde do homem.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Maria Gerlane Barbosa de Mesquita e a filha Vitória Luma estavam em um carro que saiu da rodovia após o condutor perder o controle. As duas haviam saído ilesas do primeiro acidente.

A mulher estava com sua filha no acostamento da rodovia, tentava pedir ajuda de quem passasse no local, quando um primeiro caminhoneiro parou próximo. Um segundo caminhoneiro passando no mesmo momento acabou atropelando a mulher e a criança.

Mãe e filha morreram atropeladas por um caminhão na rodovia CE-183, que liga Varjota a Cariré. Pouco antes, o carro que estavam (foto) havia saído da pista e elas pediam ajuda. Um homem que estava no carro saiu ferido

 

Maria Gerlane e Vitória Luma morreram no local. O caminhoneiro atropelador fugiu sem prestar socorro às vítimas. O homem que estava no veículo acidentado e acompanhava a mulher e a filha foi levado para uma unidade de saúde em Varjota, a 272 km de Fortaleza.

Ainda segundo a SSPDS, equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) da PMCE, da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para a ocorrência.

O caso será investigado pela Delegacia Municipal de Varjota da Polícia Civil. 

Denúncias

A SSPDS reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações, com sigilo e anonimato garantidos.

Disque-Denúncia: 181
WhatsApp da SSPDS: (85) 3101 0181
Delegacia Municipal de Varjota: (88) 3639 4111

 

O Povo

Tags