Você está em: CEARA // Notícia de Edina Farias // 6 de agosto de 2022

  AÇUDE Germinal, em Palmácia, está sangrando(foto: AURELIO ALVES)

O Ceará tem atualmente 14 açudes com capacidade acima de 100%, segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), coletados nesta sexta-feira, 5. Os reservatórios do Estado estão com um volume de aproximadamente 38,3% da capacidade. Este é o melhor resultado de um mês de agosto dos últimos nove anos

De acordo com o órgão, outros 53 açudes estão com o volume acima de 90%. Em agosto do ano passado, havia apenas um reservatório sangrando no Ceará, além de outros 25 açudes com volume acima de 90%.

Na época, o volume de água presente nos reservatórios era em torno de 27,5%. Já em 2020, o mês de agosto registrou volume hidrográfico de 32,9%, quando cinco açudes apresentaram volume total e outros 45 registraram volume acima de 90%.

Em 2019, o oitavo mês registrou o sangramento de quatro açudes e, em 2018, apenas um reservatório apresentou capacidade máxima. Na análise geral do volume atingido pelos açudes, o mês de agosto dos últimos noves anos registrou:  2014 (27,6%), 2015 (16,5%), 2016 (10,3%), 2017 (11,4%), 2018 (15,2%), 2019 (19,9%), 2020 (32,9%), 2021 (27,6%) e 2022 (38,3%).

Contudo, órgão ressalva que há hoje mais reservatórios monitorados do que antigamente. Os açudes que estão sangrando atualmente no Ceará são:

  • Jenipapo (Meruoca)
  • Sobral (Sobral)
  • Faé (Quixelô)
  • Itapajé (Itapajé)
  • Mundaú (Uruburetama)
  • Acarape do Meio (Redenção)
  • Germinal (Palmácia)
  • Itapebussu (Maranguape)
  • Malcozinhado (Cascavel)
  • Pacajus (Chorozinho)
  • Penedo (Maranguape)
  • Pesqueiro (Capistrano)
  • Tijuquinha (Baturité)
  • Junco (Granjeiro)

Apesar do número acentuado de reservatório com capacidade máxima no Ceará, os maiores açudes ainda apresentam níveis baixos. O Castanhão, maior reservatório do Estado, localizado no município de Alto Santo, tem 24,15% da capacidade máxima. O açude Orós, segundo maior em capacidade do Estado, é o que apresenta melhor cenário, com 50,28%.

Já o Banabuiú, terceiro maior do Ceará, registra apenas 9,98% de seu volume total. Atualmente, o Ceará registra ainda 59 reservatórios com registros inferiores a 30% de capacidade.

Chuvas de agosto

O mês de agosto de 2020 também é destaque quando comparado ao mesmo período dos anos anteriores. Apenas até esse dia 4, já foi registrado acumulado de 11.1 mm. O índice é 127% superior à média histórica do Ceará, de 4.9mm.

No ano anterior, o mês de agosto apresentou resultado de chuvas inferiores à média para a época. Registrando apenas 0.9 mm, o mês encerrou com desvio de -80.7%, quando comparado a média do Estado. Os baixos resultados também foram registrados em 2020 (0.6mm; -88.5%), 2019 (0.9mm; -81.3%) e 2018 (1.1mm; -77.4%).
 
O Povo
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire