Bandidos tentaram sacar R$ 3 mi de ganhador da Mega achado morto em SP

 Jonas Lucas Alves Dias, ganhador da Mega-Sena encontrado morto no interior de São Paulo

 

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte do ganhador da Mega-Sena em 2020 Jonas Lucas Alves Dias , de 55 anos. O crime aconteceu em Hortolândia (SP), e as autoridades trabalham, como principal linha de investigação, a hipótese de que tenha ocorrido latrocínio (roubo seguido de morte). Isso porque houve várias tentativas de saques nas contas de Jonas desde que ele desapareceu, ainda na manhã de terça (13/9). Em 2020, Jonas Lucas recebeu um prêmio de R$ 47,1 milhões da Mega.

Uma das tentativas feitas pelos suspeitos foi de transferência de R$ 3 milhões. Os bandidos não obtiveram sucesso nessa quantia, mas conseguiram fazer um Pix de R$ 18 mil. Além disso, os criminosos levaram um cartão de débito de Jonas e, com ele, sacaram R$ 2 mil.

A vítima foi encontrada à beira de uma rodovia em São Paulo, nessa quarta-feira (14/9). Jonas Lucas chegou a ser levado para um hospital na região, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo o médico da unidade, a causa de morte teria sido traumatismo cranioencefálico. Jonas foi sequestrado e espancado antes de ser achado morto.

O crime ocorreu em Hortolândia, onde a vítima vivia. De acordo com a família, Dias saiu para caminhar pela manhã, na terça, como costumava fazer todos os dias, mas não voltou.

A polícia foi procurada pela família na noite de terça e encontrou o homem às margens da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) na quarta. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

 

(Metrópoles)

Tags