Polícia captura suspeito de espalhar boatos de invasão de criminosos a escolas em Fortaleza

 Boatos sobre invasão a escolas foram espalhados em Fortaleza e Guaiúba — Foto: SVM

A Polícia Civil capturou, nesta quarta-feira (31), um homem suspeito de espalhar mensagens sobre uma falsa invasão a uma escola, localizada no Bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. Ele foi localizado no local onde trabalha no Bairro Benfica e levado até o 12º Distrito Policial onde prestou esclarecimentos.

Nesta quarta-feira, um outro boato de ameaça a escola também foi identificado no município de Guaiúba.

“A Polícia Civil também agiu rapidamente e já deu a sua resposta, identificando um aluno da escola, responsável por espalhar fake news sobre um suposto atentado”, informou o secretário da Segurança Pública Sandro Caron. O adolescente também vai responsabilizado nos termos da lei pela situação.

"Estamos em um período eleitoral e há uma tendência de aumentar a circulação desse tipo de mensagem. Então, pedimos a toda população cearense que se certifique da veracidade dos conteúdos de mensagens antes de repassá-las, para não correr o risco de propagar fake news, que tenham a intenção de tumultuar e causar pânico nas pessoas”, orientou o secretário.

Em relação ao suspeito de Fortaleza, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado contra ele pelo artigo 41 da Lei das Contravenções Penais, que trata de provocar alarme, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto. 

 

 

(G1/CE)

Tags