Alunos passam mal após inalar fumaça de incêndio em terreno vizinho à escola, em Fortaleza

 

Alunos passam mal após inalar fumaça de incêndio em terreno vizinho à escola, em Fortaleza


Alunos de uma escola passaram mal após inalar a fumaça de um incêndio que iniciou em um terreno vizinho. O caso aconteceu, nesta sexta-feira (27), na EMTI Expedito Parente, no Bairro Siqueira. Os estudantes precisaram de atendimento médico devido à fumaça; entre eles, sete ficaram desacordados.

Uma testemunha ouvida pelo g1 informou que a fumaça chegou de maneira intensa na unidade, que é voltada ao ensino fundamental. O Corpo de Bombeiros foi acionado, e debelou o incêndio no terreno. Eles informaram que as chamas atingiram a vegetação seca e verde, o que gerou a intensa fumaça.

Estudantes são socorridos após inalar fumaça de incêndio em terreno vizinho à escola, em Fortaleza. — Foto: Reprodução


Os alunos foram levados para a UPA do Canindezinho em busca do atendimento hospitalar. Já a Secretaria Municipal da Educação (SME) disse que duas estudantes foram encaminhadas para atendimento médico em uma unidade de saúde, devido à fumaça inalada, foram medicadas e liberadas em seguida. As atividades na escola foram encerradas mais cedo.

Com a gravidade do caso, os professores da escola decidiram liberar os alunos das aulas; e os próprios docentes levaram ao hospital os alunos que estavam em situação mais crítica. O Corpo de Bombeiros não informou a causa do incêndio. 

G1

Postagens mais visitadas