Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 13 de janeiro de 2020


Com o tema “Somos batizados para viver a justiça de Deus em nossa casa comum”, a paróquia de Ipu promoveu a segunda noite de celebração em honra ao padroeiro São Sebastião. Padre Edinardo Gomes, ipuense pároco da paróquia de São João, na Celsolândia em Acaraú, celebrou a segunda novena que trouxe uma multidão de fiéis para o patamar da Igreja Matriz.

A imagem de São Sebastião veio da família de Maria José Martins e, acompanhada pela banda de música Maestro Lázaro Freire, percorreu algumas ruas da cidade até o patamar da igreja matriz de Ipu. Com o tempo propício e sem previsão de novas chuvas, a celebração foi realizada no patamar central da Igreja Matriz e reuniu inúmeros fiéis em um ato de devoção ao santo padroeiro Sebastião.

Seguindo a tradição de trazer convidados para a celebração, Padre Edinardo Gomes, celebrou a segunda novena e ressaltou a alegria de vivenciar esse momento junto aos Ipuenses. O sacerdote declarou falou ainda da importância do batismo, neste dia que celebra-se o batizado de Jesus.

Durante os festejos, a cada missa, um setor paroquial ou municipal será homenageado. Na segunda noite de novena, as capelas da Serra receberam a benção especial ao fim da celebração. A 177ª festa de São Sebastião acontecerá até o dia 20 de janeiro e, a cada noite, terá um padre convidado para presidir a santa missa.



TEXTO: Vinícius Braga Timbó 
FOTOS: PASCOM
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire