Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 2 de setembro de 2020


O sistema penitenciário do Ceará recebeu ontem (31), a instalação de mais uma empresa. Essa é especializada em corte e costura que atua na produção de fardamentos foi inaugurada na unidade prisional Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (CEPIS).

De acordo com o Governo do Estado do Ceará, a companhia é uma das 7 empresas qualificadas no chamamento público realizado pela Secretaria da Administração Penitenciária em dezembro de 2019.

A princípio serão entre 15 e 20 internos aptos a iniciar o trabalho na empresa especializada em fardamentos. Posteriormente outros internos devem fazer parte da equipe para complementar as outras etapas de produção na parte da costura. A meta é que 50 apenados sejam contratados.

Os internos trabalham 40 horas semanais e recebem remição de pena a cada três dias trabalhados. O salário é de 3/4 do salário mínimo que é encaminhado para a família, além do pecúlio que o interno pode retirar quando ganhar a liberdade. Atualmente cinco empresas estão instaladas no sistema prisional do Estado.


(CNews)
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire