Você está em: CEARA // Notícia de Anselmo // 20 de novembro de 2020


Em 20 anos de operação, a organização criminosa investigada pela Polícia Federal e Controladoria Geral da União (CGU) teria faturado, nada menos, que R$ 600 milhões no desvio de dinheiro público dos cofres da Prefeitura Municipal de Fortaleza.


Esta é a conclusão inicial das autoridades que apuram o caso envolvendo fraudes na licitação para a locação de veículos pelos gestores públicos. O ex-deputado estadual e federal, Adail Carneiro, apontado como o chefe da quadrilha, foi preso ontem com cerca de R$ 2 milhões. Hoje, ele será transferido para o presídio

.

 De acordo com as autoridades, o esquema fraudulento que agiu durante mais de 20 anos na Prefeitura de Fortaleza atuava nas licitações através de “laranjas”, pessoas que emprestavam seu nome e CPF para que o grupo criminoso pudesse apresentar empresas de fachada nas concorrências públicas. Os certames já eram criados viciados. Todas as empresas concorrentes eram, na verdade, de um dono só: o deputado.


As informações sobre o desenrolar das investigações e das diligências cumpridas durante a operação policial desta quinta-feira foram repassadas à Imprensa em entrevista coletiva na sede da PF da qual participaram o delegado Alan Robson Alexandrino, chefe do Núcleo Regional de Combate ao Crime Organizado; delegado Joécio Duarte de Holanda, que comandou a operação; e Israel José Reis de Carvalho, chefe de operações especiais da Controladoria Geral da União (AGU).


De acordo com o delegado Joécio Duarte Holanda, o esquema se repetia à cada licitação:


“Eles utilizavam empresas tituladas por interpostas pessoas, que a gente chama de “laranjas”, para participarem de um mesmo certame licitatório, de um mesmo procedimento, forjando uma concorrência, que, na realidade, era fictícia. Então, uma dessas empresas, controladas por esta organização criminosa, vencia o processo licitatório, concorrendo com outra empresa da mesma organização. A partir daí, eram celebrados contratos para a prestação desse serviço. Era sempre o mesmo serviço, o de locação de veículos”, afirmou o delegado.


Presídio


O ex-deputado Adail Carneiro foi autuado em flagrante na sede da PF e permaneceu preso. Nas próximas horas, segundo as autoridades, ele deverá ser transferido para uma das unidades do Sistema Penitenciário do estado, onde ficará à disposição da Justiça Federal.


De acordo com as investigações da PF, Carneiro é o verdadeiro dono de, pelo menos, 10 locadoras de veículos que, há 20 anos, vencia as licitações para o aluguel de carros para a Prefeitura Municipal de Fortaleza, com fraudes nos certames.



(Blog Fernando Ribeiro)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire