Você está em: CIDADE , IPU , PRINCIPAL // Notícia de Fagner Freire // 23 de fevereiro de 2022

 

O estudante João Guilherme Paiva Faustino, de 19 anos, foi aprovado em medicina na Universidade Federal do Ceará (UFC) após rotina de 13 horas diárias de estudo. Filho de pais separados, a mãe é a manicure Maria Cleuma Sampaio Paiva com quem tem mais dois filhos, o jovem fala que possui "eterna gratidão" a mãe, que o incentiva a se dedicar aos estudos integralmente, até a realização do sonho. 

"Ela sempre apoiou em tudo e se esforçou muito pra tentar dar uma educação boa para mim" disse  jovem ao falar da mãe.

Ele conta que desde cedo cursar medicina sempre foi seu objetivo e chegou a pensar em desistir quando começou o ensino médio. "No ensino médio teve um tempo que pensei em não tentar, mas no 3° ano, com a pandemia, decidi estudar para valer" disse o jovem 

Mesmo sem condições financeiras favoráveis a mãe pagava escola particular para o filho, até que ele começou a estudar o ensino médio na Escola Estadual de Educação Profissional Antônio Tarcísio Aragão no curso de técnico em enfermagem. No ano passado [2020] após conseguir uma boa nota no Enem, João Guilherme consegui bolsa de 100% para fazer cursinho no Farias Brito em Fortaleza (CE), onde estava morando dividindo as despesas com amigos.


Rotina de estudos


Guilherme disse ao IN que chegou a desativar as contas nas redes sociais para evitar distração com o celular "Eu acordava 06h:50min para ir para o cursinho presencial. Ficava em aula das 07:00 até às 13h:00min. Almoçava no próprio cursinho e por volta das 14h:00min eu ia para sala de estudos resolver exercícios (principalmente de matemática e naturezas). Ficava na sala de estudo até às 21h:00min, quando fechava o cursinho só ai vinha para casa descansar" disse.

Nos fins de semana o jovem tirava para descansar só que aos domingos, geralmente, tinha os simulados presenciais e ele ia fazer. "Quando chegou perto da prova do Enem eu reduzi minha rotina, fiz mais atividades que me davam lazer, tipo jogar vólei na escola." lembra.

"Os planos daqui para frente é tentar aproveitar o máximo possível da faculdade, ligas acadêmicas, pesquisas, monitorias e ações sociais" conta Guilherme que lembra que já atuou em Ipu como bombeiro civil por mais ou menos um ano. 

João Guilherme entrou em 13º lugar em 24 vagas disponíveis no curso de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), após conseguir nota geral de 753,02 no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

João Guilherme com os irmãos, mãe e padrasto



 


Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire