Você está em: CEARA // Notícia de Edina Farias // 30 de julho de 2022

 Atleta de 13 anos do CE tenta competir em campeonato nacional de karatê no RS.

A adolescente de 13 anos Lara Lohana tenta vencer um adversário comum na vida de jovens atletas: a falta de investimento financeiro. Ela pretende competir no XXI Campeonato Brasileiro de Karatê FBK, que acontece em setembro, mas alguns obstáculos se apresentam nos mais de quatro mil quilômetros que separam Fortaleza e Santa Cruz do Sul (RS), cidade que vai receber o evento.

Os pais da adolescente decidiram, então, organizar uma vaquinha para conseguir o dinheiro e mostrar que Lara não luta sozinha. “A ideia da vaquinha virtual surgiu depois que começamos a buscar os valores que seriam gastos com todos os custos da viagem, que são muito fora da minha realidade financeira”, disse Leandro Arruda, pai da atleta, que trabalha como representante comercial, e a mãe de Lara com administração de uma empresa.

A possibilidade de conseguir competir no evento nacional, inclusive, já anima a adolescente. “Nossa, [expectativa] muito grande. Esse campeonato deixa qualquer atleta com a expectativa bem alta e quero dar mais que o melhor de mim nele”, declarou Lara.

A adolescente começou a treinar karatê há cerca de quatro anos, mas tem contato com esportes desde os seis anos, quando iniciou na capoeira. “Ela se encantou com a aula de karatê, e a partir daquele momento ela já me pediu para iniciar as aulas de Karatê, onde foi muito bem recepcionada pelo sensei Wesley, que vem sempre motivando e incentivando ela e os demais alunos da academia”, relatou Leandro.

Família cearense organiza vaquinha para tentar conseguir dinheiro para atleta de 13 anos competir no Rio Grande do Sul. — Foto: Rafaela Duarte/SVM

“Ela gostou da forma de treinamento, e vem se destacando nos campeonatos até surgir a oportunidade de participar e representar o nosso estado nesse campeonato de nível nacional”, reforçou o pai de Lara. Caso consiga arcar com os custos, essa será a primeira vez que a adolescente viaja para fora do estado para competir.

Os resultados, inclusive, fazem parte de uma trajetória apoiada pelos pais desde o começo. “Eu e minha esposa, Norma Daniella, desde sempre motivamos e incentivamos ao treino e sempre ser disciplinada respeitando ao próximo, e o que mais nos motiva como pais é que sempre colocamos como prioridade os estudos, e ela através do karatê e em parceria com o professor ela vem dando excelentes resultados na escola e na academia”, destacou Leandro.

A dedicação entre os estudos e o esporte, inclusive, colocam mais de uma possibilidade de futuro no horizonte de Lara. “Adoraria me tornar profissional nessa modalidade até porque é minha paixão, mas já pensei em me formar em outra profissão (psicóloga ou pediatra) e, ao mesmo tempo, seguir sendo atleta profissional”, complementou a adolescente. 

 

G1

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire