Você está em: CEARA // Notícia de Fagner Freire // 18 de julho de 2022

 Nova MP permite que aposentados do INSS podem comprometer até quase metade da renda no pagamento de empréstimos, — Foto: Bruno Cabral/SVM

O aumento da margem do crédito consignado, aprovado no último dia 7 de julho, pelo Senado Federal, tem preocupado o Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza). O órgão, inclusive, emitiu alerta, nesta segunda-feira (18), a dez bancos e financeiras sobre risco de superendividamento de consumidores, principalmente idosos e aposentados, após a alteração.

A mudança permite que, além da liberação de empréstimo para quem recebe benefícios sociais, aposentados do INSS podem comprometer até quase metade da renda no pagamento de empréstimos. O órgão municipal se mostra preocupado com a situação, uma vez que problemas com essa modalidade de crédito cresceram expressivamente.

O Procon informou que problemas na contratação do crédito consignado já estão entre os cinco primeiros assuntos mais reclamados, somando 221 registros, de janeiro a junho deste ano, em comparação com 2021, quando foram registradas 47 ocorrências similares, o que representa um aumento de 370%. O assunto é o segundo mais reclamado contra bancos.

Mudanças no crédito consignado

A Medida Provisória 1106/2022 libera crédito consignado para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), Renda Mensal Vitalícia (RMC) e Auxílio Brasil. A MP também aumenta para 40% a margem consignável dos empregados com carteira assinada, servidores públicos ativos e inativos, pensionistas, militares e empregados públicos.

Já os aposentados do Regime Geral de Previdência contarão com um limite de 45%, o mesmo de quem recebe o BPC ou Renda Mensal. Os beneficiários do Auxílio Brasil terão a margem de 40%.

As instituições que receberam o alerta do Procon Fortaleza são:

  • Banco BMG Belo Horizonte
  • Bradesco
  • Banco C6 Consignado
  • Caixa Econômica Federal
  • Crefisa
  • Banco do Brasil
  • Banco Itaú Unibanco
  • Banco Mercantil do Brasil
  • Banco Pan
  • Banco Santander.

‘Contratação de crédito quase impossível de ser liquidada’

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Eneylândia Rabelo, a preocupação é que haja uma oferta demasiadamente agressiva de crédito, possibilitando um risco altíssimo de superendividamento das famílias.

"Há poucos meses, houve uma elevação da margem do crédito consignado, de 35% para 40% e, paralelo a isto, vimos as reclamações aumentarem no Procon Fortaleza. E, agora, com mais um aumento do comprometimento da renda para 45%, o consumidor pode cair numa contratação de crédito quase impossível de ser liquidada, pois compromete praticamente a metade de sua renda", alertou.

Eneylândia reforçou que o consumidor tem o direito de pedir a revisão da dívida, caso avalie que esteja sendo vítima de juros abusivos. A diretora comenta sobre o perfil do consumidor do crédito consignado.

"É impressionante a quantidade de consumidores idosos aposentados que nos procuram pedindo ajuda, pois comprometeram toda sua renda com o consignado, muitas vezes para atender necessidades financeiras de familiares, por exemplo, e passando, inclusive, por situação de fome após contraírem empréstimos de crédito consignado", declarou a representante.

Ainda segundo Eneylândia, há suspeita de que muitos aposentados estão sendo vítimas de golpes e transferências de crédito consignados sem autorização do consumidor. "O Código de Defesa do Consumidor proíbe qualquer portabilidade de crédito sem anuência do contratante. Também queremos saber dos bancos quais medidas estão sendo tomadas para evitar essa prática abusiva", explicou a diretora.

Problemas e reclamações

Os problemas mais relatados pelos consumidores na contratação de crédito consignado são: empréstimos feitos sem solicitação ou conhecimento do contratante, cobranças indevidas de parcelas já quitadas e valor emprestado ou depositado em conta maior que o solicitado pelo consumidor.

O consumidor pode agendar seu atendimento presencial no portal da Prefeitura de Fortaleza, no campo “defesa do consumidor”, clicando em "agendamento para atendimento presencial". Também é possível realizar abertura de reclamação, de forma virtual, no campo defesa do consumidor, clicando em "reclamação virtual". 

 

 

(G1/CE)

Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire