Prêmio Archimedes Memória: alunos ipuenses são homenageados pela AILCA

Aconteceu na noite de sábado, 27/08, na Casa Osvaldo Araújo, sede da AILCA (Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes), a culminância do Prêmio Archimedes Memória em sua segunda edição. O cerimonial contou com a presença de acadêmicos da AILCA, representantes do corpo docente das escolas participantes e, em especial, dos alunos agraciados com seus familiares.

Em suas palavras de acolhida aos presentes, o presidente da AILCA, Henrique Augusto Pereira Pontes, agradeceu o engajamento dos professores e ressaltou para os alunos medalhistas a importância do certame para a integração dos jovens ipuenses com aquela arcádia. Pontes disse também que a Academia sempre estará “de portas abertas” para a comunidade local e pronta para abraçar outros novos projetos.

 

O projeto desenvolvido pela Academia busca manter viva a obra do renomado arquiteto ipuense Archimedes Memória (1893-1960) e, ao mesmo tempo, estimular na juventude local o aprimoramento dos seus conhecimentos em História da Arte, Matemática, Literatura e também sobre a evolução política e cultural de Ipu. No último dia 14, dezenas de alunos que cursam o 1º ano do ensino médio, tiverem seus conhecimentos aferidos em uma prova escrita e presencial com 25 temas envolvendo as disciplinas do conteúdo programático previsto no edital do concurso. 

Péricles Memória, arquiteto residente no Rio de Janeiro e neto do homenageado, participou de maneira virtual e ressaltou a obra do seu avô bem como o já existente interesse de outras escolas da região de participarem das futuras edições do Prêmio Archimedes Memória. Finalizando sua fala remota, Péricles agradeceu a participação do Colégio Ipuense, da Escola Delmiro Gouveia, da Escola Tarcísio Aragão, da Escola Dona Thereza Odette e do Patronato Sousa Carvalho.  

Após a leitura da biografia do patrono da cadeira de nº 05 da AILCA feita pela estudante de Arquitetura da UFC (Universidade Federal do Ceará), a ipuense Ana Clara Martins Teixeira Santos, a acadêmica Francisca Ferreira do Nascimento fez uma ampla exposição do estilo artístico de Archimedes e destacou relíquias e objetos de trabalho do mesmo que se encontram em exposição na Casa Osvaldo Araújo.

A comissão organizadora da segunda edição do Prêmio é composta pela escritora Francisca Ferreira do Nascimento (Presidente) e Kléber Teixeira Santos (Vice-Presidente). Também fazem parte da comissão os acadêmicos Aninha Martins, Marcos Sampaio e o Maestro Jorge Nobre. O professor Osnar Farias da área de Matemática, também colabora com a execução do projeto.

Galeria de fotos 


Tags